Comprar um colchão online

Como escolher um colchão? Veja as nossas dicas imperdíveis!

Última atualização em: 26.03.2024 Tempo de leitura: 18 Min. Achei útil: 10

Quer saber como escolher um colchão ideal para suas noites de sono?

Compreender essa escolha é essencial, já que passamos grande parte da vida dormindo. 😴

Pensando nisso, criamos este guia para te orientar sobre os principais fatores a serem considerados para escolher o colchão ideal.

Continue lendo e descubra como escolher e testar um colchão 👇

Comprar um colchão online

Escolhendo o tipo de colchão

Um colchão pode ser constituído por diversos materiais, que são responsáveis por garantir a sustentação do seu corpo e o conforto que você sente.

👇 Aqui vai uma rápida pincelada sobre os principais tipos de colchão, no que diz respeito aos materiais utilizados:

Colchão de espuma

É um dos tipos mais comuns de colchões no mercado, e a maior vantagem é a adaptação ao corpo de quem se deita sobre ele.

Também costuma ser uma boa opção para casais (tem baixa transferência de movimentos), e um ótimo custo-benefício.

Sua maior desvantagem é que costuma reter um pouco de calor, não sendo tão adequado para pessoas que transpiram muito durante a noite.

luuna original espumas do colchão
O Luuna Original, por exemplo, é um colchão de espumas.
📌 Saiba mais sobre os diferentes colchões de espuma aqui.

Colchão de molas

Este é o tipo de colchão mais fresquinho que existe atualmente.

As molas permitem uma boa passagem de ar, promovendo maior ventilação durante a noite - ótima notícia aos calorentos.

Mas é importante escolher com cuidado: prefira sempre aqueles que têm molas do tipo ensacadas, porque as molas tradicionais costumam ser mais barulhentas e tendem a afundar com o tempo.

molas bonnel X ensacadas
Molas ensacadas são mais vantajosas do que molas do tipo Bonnel.
📌 Saiba mais sobre os diferentes colchões de molas ensacadas aqui.

Colchão híbrido

Este é o nosso modelo “queridinho”! O colchão híbrido junta o melhor dos dois mundos: a adaptabilidade das espumas + o frescor das molas.

É um tipo de colchão bom para praticamente qualquer dorminhoco - por isso gostamos tanto dele.

Alguns inclusive juntam ainda mais tecnologias, como é o caso do Zissou Blue, que além das molas e espumas habituais, tem ainda uma camada extra de látex.

A grande desvantagem é que, como utiliza mais materiais em sua composição, é geralmente um modelo mais caro. Então avalie bem seu orçamento antes de decidir!

estrutura do colchão zissou spark hibrido
Os colchões híbridos combinam espumas com molas.
📌 Saiba mais sobre os diferentes colchões híbridos aqui.

Colchão de látex (ou com látex)

Quando o assunto é durabilidade e manutenção, esse aqui é o grande campeão!

O látex é um dos materiais mais duradouros do mercado, e é hipoalergênico - ótimo para os alérgicos!

Além disso, ele ajuda bastante no frescor noturno - principalmente o látex natural.

Porém, ele também é considerado um material caro (por isso, uma opção é buscar colchões com látex ao invés de colchões de látex).

latex natural
Colchões com látex natural são os mais luxuosos!
📌 Saiba mais sobre os diferentes colchões de látex aqui.

Agora que você já conhece os principais tipos disponíveis no mercado, vamos ao próximo passo para te ajudar a escolher o melhor colchão para suas noites de sono: o nível de firmeza!

O nível de firmeza do colchão

A firmeza é um dos critérios mais importantes na hora de comprar um colchão novo. Ela corresponde à sensação de conforto que você sente quando você se deita nele.

Existem vários graus de firmeza:

niveis de firmeza de um colchão

Para facilitar, ficamos com uma classificação mais simples: macio, intermediário e firme.

Não existe um nível de firmeza “correto”, como muitas pessoas imaginam. Cada pessoa exige um tipo, dependendo das suas preferências individuais:

Colchão macio

👉 De forma geral, indicamos este nível de firmeza para:

  • Pessoas mais leves
  • Quem gosta de dormir de lado
  • Pessoas com problemas articulares (dores crônicas)

E é claro, caso você não se enquadre em nenhum desses casos, mas já tenha experimentado um colchão macio e dormiu muito bem, nada impede de fazer este uso!

luuna original firmeza de lado
O Luuna Original, por exemplo, é um colchão macio que mesmo assim tem bom suporte para a sua coluna.

No entanto, tenha em mente que se você escolher um colchão macio demais para o seu tipo de corpo, sua coluna pode ficar mal posicionada, resultando em dores.

Busque sempre o alinhamento correto!

Colchão intermediário

Como o nome indica, este modelo não é nem muito firme nem muito macio.

É o mais próximo que temos de um “colchão universal”, ou seja, que seja adequado para a grande maioria das pessoas.

👉 Recomendamos para:

  • Pessoas com peso médio (nem muito leves, nem muito pesadas)
  • Quem dorme de lado ou de costas
  • Quem se mexe muito durante a noite
  • Casais com pesos ou posições de dormir diferentes
zissou spark hibrido firmeza intermediaria
O Zissou Spark Híbrido já é um nível mais intermediário, mas também garante bom alinhamento.

Colchão firme

Muitas pessoas acham que um colchão firme é um colchão “mais saudável” (pensam logo em propriedades ortopédicas) - mas não é bem assim.

Pessoas leves, ou que dormem de lado podem ser prejudicadas pelo uso de colchões muito firmes.

Isso porque o corpo não terá o nível de afundamento necessário para garantir o alinhamento da coluna.

👉 Sendo assim, recomendamos os colchões firmes para:

  • Pessoas mais pesadas (> 80 kg)
  • Quem dorme de bruços (ou até de costas)
  • Pessoas que têm recomendações médicas para tal (ou que já experimentaram e se habituaram bem)
emma original nivel de firmeza
Os colchões da Emma são mais firmes, mas ainda permitem uma boa adaptação do corpo.

O mais importante é escolher um colchão que suporte bem o seu corpo e, principalmente, a sua coluna. 😌

E a densidade?

Bom, de forma geral, podemos dizer que quanto maior for a densidade de um colchão (de espumas), mais firme ele será.

Porém, não se apegue taaanto a isso, já que hoje em dia as empresas acabam utilizando um mix de espumas de diferentes densidades, então recomendamos que você direcione mais as suas energias para o nível de firmeza.

Tamanho do colchão

O tamanho do seu colchão é um fator muito importante.

Além de influenciar o seu conforto - afinal, quanto maior for o colchão, mais espaço você terá - o tamanho também impacta questões logísticas.

Por exemplo, não adianta querer um Colchão King Size lindão se o seu quarto for a metade do tamanho dele, né 😅

Além disso, as medidas da sua cama devem ser compatíveis com o colchão - então não se esqueça de se certificar disso antes de fazer a compra.

Estes são os modelos mais comuns no mercado:

tamanhos de colchão BR

O ideal é que o colchão seja pelo menos 10 cm maior que você.

Na dúvida, recomendamos que escolha um colchão 15 cm maior que você [1], para ter uma “folguinha” mais confortável!

E a espessura do colchão?

A espessura de um colchão desempenha um papel importante no seu conforto.

Se o seu colchão for muito fino, você acabará sentindo as ripas do seu estrado – o que, vamos combinar, não é nada confortável!

Sendo assim, a nossa recomendação é:

👉 Espessura de 18 a 25 cm para crianças e adolescentes

👉 Espessura de 25 cm ou mais para adultos

espessura colchão emma hybrid
O Emma Hybrid, por exemplo, tem 30 cm de espessura!

Tecnologia aplicada ao colchão

As tecnologias utilizadas na manufatura de um colchão são, na maioria das vezes, o que os tornam mais adequados para uma ou outra pessoa.

E na hora da escolha, podemos dizer que essa é a parte mais desafiadora!

Isso porque, muitas vezes, as marcas usam termos super técnicos e específicos para falar sobre as tecnologias utilizadas nos seus produtos.

Para que você consiga escolher o seu colchão de maneira fácil e rápido, vamos explicar um pouco sobre esse vocabulário técnico:

⚖️ "Nível de afundamento"

O nível do afundamento refere-se a quanto o colchão cede ou se deforma quando alguém se deita nele.

Este afundamento está diretamente relacionado à sensação de firmeza ou maciez do colchão e afeta o suporte e conforto que ele proporciona.

Colchões que afundam mais tendem a ser considerados mais macios. Eles se moldam ao formato do corpo, proporcionando uma sensação de aconchego e alívio da pressão nos pontos de contato, como quadris e ombros.

Esses colchões são muitas vezes feitos de materiais como espuma viscoelástica (espuma de memória) ou látex, que se ajustam à forma do corpo.

Colchões que afundam menos são geralmente vistos como mais firmes. Eles oferecem um suporte mais sólido e mantêm a coluna alinhada, evitando que o corpo afunde demais.

Colchões firmes são frequentemente preferidos por pessoas que têm problemas nas costas ou que dormem de costas ou de bruços, pois ajudam a manter uma postura correta durante o sono.

Eles podem ser feitos de molas ou de espumas de alta densidade.

Mas e quando os dois colchões afundam a mesma quantidade, no entanto, um parece ser mais firme que outro?

Isso pode acontecer devido à ergonomia do colchão! Ou seja, colchões mais ergonômicos distribuem o peso mais uniformemente e por isso, temos a sensação de que são mais firmes.

🏋️ "Ergonomia"

A ergonomia em colchões refere-se ao design e à estrutura que proporcionam o suporte adequado ao corpo.

Um colchão ergonômico deve se adaptar às curvas naturais do corpo e distribuir o peso de forma equilibrada, reduzindo os pontos de pressão e alinhando a coluna.

Colchões ergonômicos geralmente combinam diferentes camadas e tipos de materiais, como espuma de memória, látex ou molas ensacadas, para oferecer tanto suporte quanto conforto.

Eles se ajustam às mudanças de posição durante o sono e ajudam a manter a coluna numa posição neutra, o que é crucial para prevenir dores e desconfortos.

A firmeza do colchão também é um aspecto importante da sua ergonomia.

Não deve ser nem muito duro, o que pode causar pressão nas articulações e na coluna, nem muito macio, o que pode levar a um mau alinhamento da coluna. O equilíbrio correto depende do peso, da altura e das preferências de sono da pessoa.

💪 "Suporte" e "suporte lateral"

O suporte em colchões é crucial para manter a coluna alinhada e evitar dores.

O suporte refere-se à capacidade do colchão de manter uma superfície uniforme e resistir ao peso do corpo, evitando afundamentos excessivos que podem levar a uma má postura durante o sono.

Suporte geral

Este tipo de suporte é fornecido em toda a extensão do colchão e é essencial para manter a coluna numa posição neutra.

Um bom suporte ajuda a distribuir o peso do corpo de maneira equitativa, minimizando pontos de pressão e mantendo a coluna alinhada, independentemente da posição de dormir.

Suporte lateral

Já o suporte lateral em colchões refere-se à firmeza e estabilidade nas bordas do colchão.

Isso é importante para casais, pessoas que dormem perto da borda da cama, quem senta na beira do colchão para amarrar sapatos, ou que simplesmente precisa de mais apoio.

Um bom suporte lateral impede que o colchão ceda nas bordas, proporcionando uma superfície de sono consistente e segura em toda a sua extensão.

Colchões com reforço nas bordas ou com tecnologias de borda aprimorada oferecem melhor suporte lateral, evitando a sensação de que se vai cair da cama.

🏀 "Efeito bounce"

O efeito "bounce" em colchões, ou efeito de ressalto, refere-se à capacidade do colchão de retornar rapidamente à sua forma original após ser pressionado.

Esse efeito está diretamente relacionado à sensação de "quicar" que se experimenta ao se mover ou se deitar no colchão.

Características do efeito bounce:

  • Responsividade: Colchões com bom efeito de bounce são mais responsivos, ou seja, reagem rapidamente aos movimentos do corpo, facilitando mudanças de posição durante o sono.
  • Conforto e Suporte: Um nível adequado de bounce contribui para um equilíbrio entre conforto e suporte. Ajuda a distribuir o peso do corpo de forma uniforme, evitando pontos de pressão excessivos.
  • Facilidade de Movimento: O efeito de ressalto facilita a movimentação na cama, o que é especialmente benéfico para pessoas que mudam de posição frequentemente durante a noite.

🗺️ "Zoneamento ergonômico"

Este diz respeito à divisão do colchão em várias zonas, cada uma com diferentes níveis de suporte e firmeza para se adaptar às várias partes do corpo.

O zoneamento ergonômico é ideal para pessoas que precisam de suporte extra em determinadas áreas do corpo ou que têm problemas específicos de postura durante o sono.

Níveis de suporte e firmeza

Em um colchão com zoneamento ergonômico, os níveis de firmeza são ajustados em diferentes áreas para proporcionar o suporte adequado a várias partes do corpo.

Aqui está como geralmente são distribuídos:

  • Cabeça e Pescoço: A zona para cabeça e pescoço tende a ser mais macia para proporcionar conforto sem causar tensão no pescoço.
  • Ombros e Quadris: Estas áreas geralmente têm uma firmeza menor para permitir um leve afundamento, aliviando a pressão e mantendo o alinhamento correto da coluna, especialmente para quem dorme de lado.
  • Lombar e Abdômen: Esta zona é mais firme para oferecer suporte extra à região lombar e evitar que a parte central do corpo afunde demais, o que é essencial para manter a coluna alinhada.
  • Pernas e Pés: A zona para as pernas e pés pode ser um pouco mais macia, proporcionando conforto e apoio adequado sem pressão excessiva.

👫 "Transferência de movimentos"

A transferência de movimentos em colchões é a maneira como o movimento é transmitido de uma parte do colchão para outra.

Colchões com baixa transferência de movimentos são aqueles que isolam os movimentos de um lado do colchão para não serem sentidos no outro lado.

Eles são ideais para casais, especialmente quando um dos parceiros se move muito durante a noite ou tem horários diferentes para deitar e levantar.

Materiais e Construção:

  • Espuma de Memória (Viscoelástica): Colchões de espuma de memória são conhecidos por sua capacidade de absorver movimentos, pois a espuma amortece e distribui o movimento ao invés de transferi-lo.
  • Látex: Colchões de látex também oferecem bom isolamento de movimentos, embora possam não ser tão eficientes quanto a espuma de memória nesse aspecto.
  • Molas Ensacadas: Colchões de molas ensacadas têm melhor isolamento de movimento do que os colchões de molas tradicionais, pois cada mola é embalada individualmente e se move de forma independente.
  • Colchões Híbridos: Dependendo da combinação de materiais, os colchões híbridos podem oferecer um bom equilíbrio entre suporte e isolamento de movimentos.

💨 "Respirabilidade"

A capacidade de um colchão permitir a circulação de ar através de seus materiais, regular a temperatura e manter o ambiente de sono fresco e confortável é chamada de respirabilidade.

Uma boa respirabilidade evita o acúmulo de calor e umidade, contribuindo para um sono mais confortável, saudável e higiênico.

Fatores que influenciam a respirabilidade:

  • Materiais: Colchões feitos de materiais naturais, como látex e algodão, tendem a ser mais respiráveis ​​do que aqueles feitos de espumas sintéticas. O látex, especialmente o natural, possui uma estrutura celular aberta que permite uma excelente circulação de ar.
  • Tecnologia de Espuma: Algumas espumas, como a espuma de memória de célula aberta e as espumas infundidas com gel, são projetadas para melhorar a circulação de ar e reduzir a retenção de calor em comparação com as espumas tradicionais de célula fechada.
  • Construção do Colchão: Colchões com molas internas e híbridos geralmente oferecem melhor ventilação devido ao espaço entre as molas, que permite o fluxo de ar.

Manutenção e Durabilidade

Bom, de nada adianta escolher um colchão aparentemente perfeito, mas logo perdê-lo!

Sabemos que, de acordo com especialistas [2], o ideal é trocar o seu colchão em até 8 anos.

Porém, a realidade é que alguns produtos podem durar bem menos - por conta da sua composição inadequada, ou por descuidos com a manutenção.

Estes são alguns itens utilizados na limpeza de colchões:

produtos para limpar colchão

Então escolha bem o tipo de colchão que você irá comprar, certifique-se de que é produzido por uma marca renomada, e cuide bem dele!

Como cuidar do seu colchão?

Para que seu colchão dure muitos anos, é essencial cuidar dele. Aqui estão algumas dicas:

  • Areje seu quarto todas as manhãs por 10 minutos.
  • Proteja o seu colchão com um protetor de colchão e um lençol.
  • Mantenha uma temperatura ambiente no seu quarto entre 18 e 20°C para evitar a proliferação de bactérias.
  • Aspire o colchão regularmente.
  • Se possível (e permitido pelo fabricante), vire o colchão regularmente. Por exemplo, inverta o lado da cabeça com o dos pés.
📌 Para mais dicas como essas, veja o nosso artigo sobre como limpar seu colchão!

Preço X Custo-benefício

É claro que o preço é um fator super importante na hora de escolher um colchão novo.

Afinal, poucos são aqueles que podem fechar os olhos para os cifrões nas etiquetas, e só dizer “vou levar o melhor de todos!”

Mas tome muito cuidado ao escolher um produto APENAS pelo preço, porque o barato pode sair caro, como explica o nosso especialista, Walter:

Sempre tenha cuidado quando se trata de uma oferta que parece boa demais para ser verdade.

Caso contrário, ao comprar um colchão barato, você pode estar pagando com a sua saúde.

Walter Braun

Especialista em colchões e ergonomia

Por isso, recomendamos que você avalie o famoso custo-benefício, se perguntando:

  • Este colchão é adequado para as minhas necessidades?
  • As revisões e recomendações do produto são positivas?
  • Os materiais utilizados são duráveis?
  • O colchão tem fácil manutenção?
  • Sinto segurança em relação ao tempo de garantia oferecido?
  • O preço está, na medida do possível, dentro do meu orçamento programado?

Se você respondeu “sim” para essas perguntas, então parabéns! 🎉 Podemos dizer que encontrou o colchão certo para você.

Teste o seu colchão!

A compra de um novo colchão é um importante investimento. Ele deverá ser confortável e adaptado às suas necessidades.

No entanto, o seu corpo precisa se habituar a um novo colchão.

Estima-se que leva cerca de 2 a 3 semanas para o seu corpo se habituar e desfrutar do seu novo colchão.

Para algumas pessoas, pode ser necessário ainda mais tempo:

As pessoas que dormem em um colchão errado por muito tempo podem ter dificuldade para se acostumar com um novo colchão.

Cerca de 85% das pessoas se adaptam após 1 a 2 semanas. 10% precisam de 4 a 5 semanas para se acostumar com um colchão novo e 5% precisam de mais de 5 semanas.

Talvez você não sinta imediatamente o conforto ideal em um colchão novo!

Walter Braun

Especialista em colchões e ergonomia

Você pode estar se perguntando: "Mas como eu vou testá-lo por tantos dias dentro de uma loja?" 🤔

Dentro de uma loja? Não, não! Você vai testar na sua casa!

Esta é uma das grandes vantagens de comprar um colchão online.

Atualmente, grandes marcas oferecem 100 dias de teste dos seus colchões, como a Emma, Luuna, Zissou e I Wanna Sleep.

5 passos para testar um colchão em casa

Como experts no assunto, vamos te dar 5 dicas que a nossa própria equipe oficial de testadores utiliza no dia-a-dia experimentando colchões:

🚚 ​​Avalie os parâmetros da entrega

Assim que receber o seu produto, faça a seguinte análise:

  • O tempo de entrega foi o mesmo informado pelo fabricante?
  • A entrega do produto foi satisfatória (no endereço correto, com a assistência técnica adequada, incluiu a montagem, etc)?
  • O produto chegou em bom estado, ou a embalagem parece danificada?
  • Foi fácil desembalar o colchão e instalá-lo na sua cama? Ele tem alças para ajudar?
  • Percebeu algum cheiro estranho? Se sim, quanto tempo demorou para passar?
  • O colchão está em bom estado, conforme anunciado, ou há alguma irregularidade?

Caso algum desses pontos tenha te incomodado de alguma forma, entre em contato com o fabricante para relatar e, se necessário, exigir uma troca!

🛌 Deite-se no colchão

Por mais óbvio que pareça, é a sua primeira tarefa: deite-se na sua posição habitual de dormir, e sinta o quanto seu corpo se aconchega.

Essa é a hora de testar o nível de firmeza que comentamos: sente que está muito duro? Muito macio? Como é a sensação (comparada ao seu colchão anterior)?

niveis de firmeza de colchão

Teste outras posições de dormir também e sinta o quanto seu corpo afunda. Continue sentindo e anotando essas percepções pelas próximas noites.

Aqui também ressaltamos a importância de sentir a respirabilidade e regulação térmica do colchão, principalmente se a compra foi feita durante o verão. 🥵 Avalie:

  • Comparado ao seu último colchão, este é mais fresco ou te faz suar à noite?
  • Foi preciso utilizar ar condicionado ou ventiladores?
  • Quando se movimenta no colchão, encontra uma parte “mais fresquinha” ou toda a superfície fica aquecida?
  • Se você dorme com alguém: sentiram mais dificuldades quanto ao calor?

🦴 Verifique o alinhamento vertebral

Além do conforto e da regulação de temperatura, o alinhamento da sua coluna é fundamental:

alinhamento vertebral no colchão
Um colchão deve promover o equilíbrio perfeito entre áreas de maior afundamento (pontos de pressão) e áreas de maior sustentação (pontos de apoio).

Para fazer essa parte do teste, você tem duas opções:

  • Pedir para uma outra pessoa observar a sua postura quando se deitar sobre o colchão; OU
  • Tirar uma foto sua (ou fazer um vídeo) na posição habitual, para que você mesmo(a) consiga avaliar este alinhamento, como a Thais fez quando testou o Zissou Spark:
zissou spark hibrido teste de alinhamento vertebral
Apesar de algumas vezes nós utilizarmos equipamentos específicos para os nossos testes, essa é uma maneira bem universal de verificar o alinhamento vertebral!
📌 Mas atenção: o alinhamento vertebral também depende do seu travesseiro! Então escolher um travesseiro de qualidade é imprescindível para este teste (e para as suas noites de sono).

🪑 Sente-se nas bordas

Apesar de utilizarmos muito mais o centro para dormir, avaliar as bordas também é uma boa forma de saber se o colchão tem materiais de qualidade por toda a sua extensão.

Afinal, você não quer um colchão que te jogue para fora da cama quando for se sentar na beiradinha para calçar um sapato, não é mesmo?! 👟

emma premium hybrid sentar na borda
Faça como a Constanza fez com o Emma Premium Hybrid…
emma premium hybrid sentar na borda
Sente-se de vários jeitos na borda do colchão!

💑 Para casais: verifique a transferência de movimentos

É um dos principais fatores a serem considerados na compra de um colchão para casais: a capacidade que um lado tem de sentir os movimentos do outro.

Hoje em dia os produtos de qualidade já possuem essa tecnologia, mas nada como um teste caseiro para confirmar isso:

Veja como a Thais faz isso em casa com muita facilidade!

Você obviamente também pode fazer o teste com a própria pessoa que vai dormir ao seu lado: basta que ambos deitem no colchão e um se movimente para saber se o outro vai sentir. 🤓

O melhor dessas empresas que oferecem 100 noites de teste é que você pode devolver o produto gratuitamente se não estiver satisfeito(a).

100 dias de teste
Em uma loja física, dificilmente você vai ter essas mordomias, então aproveite!

Saiba mais:

  • Eu preciso de um colchão novo?


    É hora de trocar de colchão quando:

    • Ele completar 8 anos
    • Ele apresentar sinais de desgaste
    • Você começar a sentir dor ao acordar
    • Você mudar o tamanho do seu quarto

    Frequentemente, ser acordado durante a noite por desconforto também pode ser um sinal de desgaste.

  • Qual colchão ajuda contra dores nas costas?


    Claro, não somos ortopedistas, mas entusiastas do sono.

    Entretanto, nós sabemos que quem sofre com dores nas costas podem estar dormindo em um colchão inadequado! Principalmente se essas dores surgiram na mesma época em que algum hábito do sono mudou.

    Geralmente, as marcas afirmam que colchões ortopédicos são feitos para aliviar dores na coluna.

    Na nossa opinião, basta que o colchão garanta um bom alinhamento do corpo, conforme explicamos neste artigo!

    📌 Caso você esteja com problemas na coluna e dores deste tipo, recomendamos que busque um profissional médico qualificado para te ajudar.
  • Qual colchão é melhor para mim?


    O colchão certo depende de vários fatores, como o tamanho do seu corpo, preferências de firmeza e posição de dormir.

    Além disso, todos nós temos nossas próprias necessidades e preferências individuais.

    Portanto, dizemos que não existe um colchão ideal para todos - felizmente, somos todos muito diferentes e isso se reflete nas nossas particularidades. 😊

    Por isso, utilize este nosso artigo como um guia, e não como regra absoluta!

  • Qual colchão escolher para um bebê?


    Não precisa inventar muita moda: um colchão para bebê deve ser, antes de mais nada, seguro!

    👉 Neste artigo te guiamos na escolha de um colchão de berço ideal para o seu bebê.

  • O que é o tal "bed in a box"?


    O conceito de Bed in a box vem diretamente dos Estados Unidos.

    Em Português, significa “cama na caixa”.

    O princípio é simples: é um colchão embalado a vácuo e entregue dentro de uma caixa. 📦

    Mas, apesar de simples, facilita demais o transporte e a desembalagem!

    O colchão vem numa pequena embalagem, tudo o que você precisa fazer é desembalar e depois desenrolar.

    Então, é só cortar a embalagem e deixar o colchão inflar. No máximo em algumas horas ele já estará pronto para ser utilizado. Simples assim!

  • Referências

Karen

Karen Palermo

Farmacêutica & Criadora de Conteúdo

A Karen é uma farmacêutica clínica experiente, com graduação, pós-graduação e mestrado na área. Como escritora certificada em saúde do sono, ela se dedica a promover o bem-estar por meio de informações de qualidade, visando melhorar a qualidade de vida das pessoas a partir de noites bem dormidas.

Esse artigo foi útil?
Preencha este campo:
Sim
Não

Perfeito! Tem alguma dúvida ou comentário? Adoraríamos saber a sua opinião:

Como podemos melhorar? Adoraríamos saber as suas sugestões:

Também pode estar interessado em:

    Sim, por favor! >
    Não, continuar

    Se comprar através de links marcados com "*", recebemos uma pequena comissão, que não aumenta o preço de compra. Pelo contrário: com o nosso código de desconto, poupa o máximo na sua compra.